sexta-feira - 07/06/2024

Secretaria de Agricultura participa do PEC Nordeste 2024

Por: Edinaldo Moreno

Diretora do SIM, Allany Medeiros (centro) representará o órgão no evento. Foto: Wilson Moreno (SECOM/PMM/ARQUIVO) Diretora do SIM, Allany Medeiros (centro) representará o órgão no evento. Foto: Wilson Moreno (SECOM/PMM/ARQUIVO)

A Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural (Seadru) estará representada no PEC Nordeste, Seminário Nordestino do Agro e considerado um dos maiores do segmento na região. A edição deste ano acontece em Fortaleza, no Ceará.

Agricultores atendidos pelo “Mossoró Rural” se deslocaram à capital cearense em caravanas numa parceria da Secretaria de Agricultura de Mossoró e Universidade Federal Rural do Sem-Árido (Ufersa).

Allany Medeiros, diretora-geral do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), representará o órgão no evento. A palestra de Allany Medeiros ocorrerá neste sábado (8). A médica veterinária participará do PEC Nordeste e explanará sobre a atuação, importância e desafios de um serviço de inspeção municipal e a experiência de Mossoró na adesão ao SISBI para produtos de origem vegetal.

“O convite para participar deste evento mostra o reconhecimento do SIM e o trabalho que vem sendo realizado de grande responsabilidade para nós que fazemos o SIM. Nosso comprometimento demonstra a dimensão da relevância que tem a produção segura aqui no município”, explicou.

REFERÊNCIA

O SIM é referência em todo o país. Ele foi o 24º serviço a receber equivalência de produtos de origem animal e o 1º a receber o selo para produtos de origem vegetal.

O Serviço de Inspeção Municipal é responsável pela fiscalização da produção industrial e sanitária dos produtos de origem animal e vegetal minimamente processados. O órgão tem por finalidade promover a segurança alimentar, por meio de ações de saúde pública e combate à clandestinidade.

Todo produto de origem animal ou vegetal, minimamente processado, para ser comercializado precisa estar carimbado ou rotulado, constando dados sobre o fabricante e o produto, além do órgão fiscalizador. Produto não identificado é de origem desconhecida, clandestino.

Atualmente, o Serviço de Inspeção de Mossoró tem 20 empresas registradas na parte de origem vegetal (indústria de bebidas) e 10 de origem animal. “Vamos mostrar a atuação prática do Serviço de Inspeção desde o início, passando pela legislação que aplicamos na rotina de nossas inspeções e também associar essa questão da inspeção. Temos o trabalho de educação sanitária muito forte com relação aos produtores e também mostraremos as outras ações que desenvolvemos”, acrescentou.

Anterior Próximo

Podcast Mais Mossoró

Vídeos

Mais videos