sexta-feira - 07/06/2024

Festival de Quadrilha da Melhor Idade leva alegria e emoção à Arena Deodete Dias

Os idosos dos CRASs se apresentaram na Arena Deodete Dias no Festival de Quadrilhas da Melhor Idade.

Por: Solange Santos

Festival de Quadrilha da Melhor Idade 2024 — Divulgação (SEcom/PMM) Festival de Quadrilha da Melhor Idade 2024 — Divulgação (SEcom/PMM)

Na tarde desta sexta-feira (7), a Arena Deodete Dias foi tomada pela energia dos idosos assistidos nos Centros de Referência da Assistência Social (CRASs), na apresentação das Quadrilhas da Melhor Idade.

“Eu fico muito feliz porque vemos o sorriso no rosto dos nossos idosos.  Esses idosos saem de suas casas com problemas, mas quando chegam num evento desse, ficam outra pessoa e mais felizes e isso é muito importante para eles”, declarou o coordenador do Festival de Quadrilhas, Henrique Josephy.

Titular da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc), Erison Natécio ressaltou a importância que o Festival tem na vida dos idosos que participam dos CRAS.

“O Festival da Melhor Idade são os idosos que participam dos grupos dos CRAS e todo ano aguardam ansiosos para participar e para abrir o Festival de Quadrilhas aqui na Arena de Deodete Dias. Para nós é um momento de muita felicidade poder proporcionar a essas pessoas um momento de integração no MCJ. Se eles, por alguma questão física ou de disponibilidade, não podem acompanhar as festas de uma maneira mais intensa, nesse momento mostramos que o MCJ tem programas para todos, de uma forma inclusiva e que contempla todos os segmentos e setores de nossa cidade”, destacou.

Durante este mês, a Semasc está trabalhando a Campanha Nacional Junho Violeta que busca proteger os idosos contra a violência. Gerente dos CRAS, Marwyla Lima aproveitou o Festival das Quadrilhas para enfatizar a necessidade de discutir sobre essa temática e garantir a integridade e direitos que estão no Estatuto do Idoso.

“Nós estamos na Campanha Nacional Junho Violeta pelo fim da violência contra a pessoa idosa, e aí a gente casou essa campanha com o ‘Festival da Melhor Idade’, que é feito para e pelos idosos, como uma forma de proporcionar esse momento de lazer, que é garantido para eles pelo próprio estatuto e também e chamar a atenção da sociedade para uma causa tão nobre. Hoje nós temos altos índices de violência, de negligência, violência patrimonial, violência financeira, psicológica contra a pessoa idosa, e nada mais importante do que a política de assistência social, que tem um público tão focado também na pessoa idosa de estar levantando essa bandeira”, enfatizou.

Para o Festival da Quadrilha da Melhor Idade participaram mais de 570 idosos. Entre os participantes, oito equipamentos se apresentaram na Arena Deodete Dias, proporcionando muita alegria e emoção. A quadrilha ganhadora foi a do Centro de Convivência do Idoso (CCI) do bairro do Alto de São Manoel, com a temática “Arraiá de Seu Mané”.

Um destaque para a escolha do Rei e Rainha. Os escolhidos foram Antônio Paulo e Maria da Conceição, ambos participam da Casa da Nossa Gente (CNG) e foi a primeira vez que dançaram uma quadrilha em toda a vida.

“Quando eu era mais moço eu nunca dancei quadrilha porque eu era muito tímido, mais agora depois de idoso me chamaram e eu aceitei. Quando a gente entra na terceira idade perdemos a vergonha. Trabalhei muito na minha vida, mas quando me tornei idoso passei a curtir mais a família e agora o grupo da Casa da Nossa Gente”, disse o Rei Antônio Paulo.

“A emoção de ganhar ´título de Rainha da Melhor Idade é muito forte, muito bom, porque é a primeira vez que eu estou me apresentando e ganhando. Nunca dancei quadrilha na minha vida, meu irmão era chamador de quadrilha e eu ficava olhando as rainhas”, concluiu a rainha Maria da Conceição.

 

 

Anterior Próximo

Podcast Mais Mossoró

Vídeos

Mais videos