Tamanho da fonte

16/01/2018 - Editado há 3 anos

Software para gestão de terceirizados pode ser modelo para outras prefeituras

Por: Maxmeio

  Já está funcionando desde o ano passado, o Sistema de Gestão de Terceirizados, um software que foi criado em Mossoró para controlar a frequência dos servidores contratados através de empresas terceirizadas. A utilização deste software foi destaque nesta segunda-feira, 15, durante o Seminário de Alinhamento Institucional e foi sugerido como modelo para outras prefeituras do país, pelo Ministério Público. A controladora geral do município, Fátima Marques, explicou que a utilização do software foi uma solução para o controle dos terceirizados. “Quando a prefeita Rosalba assumiu a gestão em 2017, teve como grande dificuldade, relacionado às despesas, as empresas que prestam serviços terceirizados, devido à frequência. Não tínhamos elementos, nem um controle de frequência vindo da gestão anterior. E ao chegarem as cobranças, não tínhamos elementos para avaliar se realmente aqueles valores eram devidos”, explicou. Pensando nisso e atendendo a orientações do Ministério Público do Trabalho, a Prefeitura investiu e criou um sistema de controle de frequência dos terceirizados, que, de acordo com o Ministério Público do Trabalho local, é um modelo que será utilizado por todas as prefeituras do Brasil. “É um avanço da gestão, nós agora temos como controlar via internet, com participação de todas as secretarias, para que o pagamento seja realmente devido”, continuou a controladora do município. Marcelo Motta, criador do software destacou que em cada Secretaria que trabalha com terceirizados, tem uma pessoa responsável pela utilização. “As pessoas que vão operar o sistema foram devidamente treinadas, para que tudo ocorra de forma organizada”, destacou.  


Deixe seu comentário


0 Comentário(s)