Tamanho da fonte

13/10/2021 - Editado há 4 dias

Secretaria realiza capacitação à rede de proteção à pessoa idosa

Por: Edinaldo Moreno
Foto: Walmir Alves/SECOM

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SEMASC) realiza nesta quarta-feira, 13, e quinta-feira, 14, capacitação da rede de proteção à pessoa idosa em Mossoró. O evento está sendo realizado no auditório da PREVI Mossoró, no centro da cidade.

“A capacitação é justamente no sentido de dar maiores conhecimentos e maior propriedade a nossa rede, em especial aos nossos coordenadores para que o cuidado com o idoso seja muito mais fundamentado”, explicou o secretário da SEMASC, Thiago Marques.

No primeiro dia, a 15ª Promotoria de Justiça de Mossoró do Idoso e Pessoa com Deficiência abordou o papel do Ministério Público acerca do trabalho que é realizado pelo órgão. Já no segundo momento abordará o papel de alguns equipamentos estratégicos que trabalham no combate à violação de direitos.

“O Ministério Público está procurando cada vez mais se aproximar da rede socioassistencial do município para que nós formemos uma rede de proteção à pessoa idosa. É fundamental que os órgãos e as instituições públicas se unam nesse propósito de tutelar e proteger o idoso contra violações de seus direitos, especialmente as violências de toda ordem: física, psicológica, patrimonial”, explicou o promotor de justiça, Guglielmo Castro, sobre o que seria abordado nesta quarta-feira.

“O CREAS abordará sobre o seu papel diante desse público especial que representa um pouco do nosso futuro. A Casa de Passagem, que é um dos nossos acolhimentos, também estará explicando um pouco de seu papel para que a população compreenda, para que os servidores compreendam, para que profissionais de diferentes áreas compreendam que sempre que houver um caso de negligência, de maus-tratos, de violação de algum tipo de direito da pessoa idosa o mais rápido possível a gente possa acionar a rede, solucionar e garantir direito para essa população”, informou a assistente social Dorisângela Lima, sobre o que ocorrerá no segundo dia de capacitação.

“Nossa discussão é para que a gente estabeleça um fluxo de atendimento para que esse idoso e suas famílias e a própria comunidade saibam onde procurar, onde direcionar e que os profissionais que estão realizando esse trabalho sejam sabedores do direito desses idosos”, ressaltou Laura Pollyanna, coordenadora do CREAS, que representou o Conselho Municipal do Idoso na capacitação.



Deixe seu comentário


0 Comentário(s)