Tamanho da fonte

06/09/2021 - Editado há 1 mês

Secretaria participa de reunião técnica na comunidade de São Romão

Por: Edinaldo Moreno
Foto: Allan Phablo/PMM

No intuito de conhecer as demandas provenientes da zona rural de Mossoró, seis entidades participaram de reunião técnica na comunidade de São Romão, ouviram demandas da população e informaram as ações que estão ou serão executadas. Estiveram presentes representantes da Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural (SEADRU), Secretaria Municipal de Cultura, Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), Banco do Nordeste e Sindicato da Lavoura de Mossoró (Sindilavoura).

A comunidade teve a possibilidade de tirar suas dúvidas e fazer solicitações para cada instituição. Representando a Secretaria Municipal de Agricultura, Faviano Moreira destacou as ações já realizadas direcionadas ao homem do campo. “Da parte da Agricultura nós levamos nossos serviços tanto ligados aos recursos hídricos, como ao apoio técnico ao homem do campo”.

O titular da pasta municipal ainda revelou no encontro uma grande dificuldade encontrada pelo agricultor familiar e que dará apoio ao Sindicato da Lavoura do município para amenizar a situação.

“Há uma grande dificuldade da zona rural de Mossoró na parte da atualização das DAPs (Declaração de Aptidão do Pronafe). Mesmo não sendo uma função da nossa secretaria, no sentido de fazer a atualização, vamos nos unir ao Sindicato da Lavoura e Emater para dar apoio logístico para que esse documento possa ser atualizado em mutirões. Nós já estamos com a programação montada tanto para o São Romão como para as demais comunidades”.

Faviano Moreira elogiou a iniciativa das instituições de fazer o caminho inverso do que ocorre habitualmente. “Se você imaginar onde a prática é sempre o morador da zona rural procurar a cidade para resolver os problemas da comunidade, dessa vez foram as instituições que foram à zona rural oferecer os seus serviços e tirar dúvidas. Os moradores perceberam que são importantes para o desenvolvimento de Mossoró”.



Deixe seu comentário


0 Comentário(s)