Tamanho da fonte

01/09/2021 - Editado há 1 mês

Protocolos de biossegurança são aplicados em escolas e UEIs da rede municipal

Por: Maricelio Almeida
Foto: Allan Phablo/PMM

Dentro do planejamento para retorno das aulas presenciais, as escolas e Unidades de Educação Infantil (UEIs), da rede municipal de ensino da Prefeitura de Mossoró, já estão aplicando os protocolos de biossegurança necessários para garantir a retomada segura das atividades. Nessa nova fase, os equipamentos educacionais organizam suas estruturas internas para adequar os espaços às medidas sanitárias de prevenção à Covid-19.

É o caso, por exemplo, da UEI Edna Lima Moura Falcão, localizada no bairro Bom Jardim. Na unidade, que possui cerca de 110 alunos matriculados, de 3 a 5 anos, as salas de aula já estão adaptadas aos protocolos de biossegurança, com espaçamento de 1,5 metro entre as carteiras escolares. Cartazes com orientações aos alunos e professores também já estão fixados em toda a unidade, bem como adesivos com demarcação de distância.

“Estamos colocando em prática o nosso plano de retomada das atividades presenciais. São várias etapas, que vêm sendo cumpridas desde o início do ano. Nossa unidade já foi sanitizada, em uma parceria com a Cruz Vermelha, tivemos formações com a equipe do Sebrae, recebemos recentemente os kits de biossegurança, com álcool em gel, totens, máscaras, termômetro, entre outros itens, tudo com o objetivo de garantir o retorno seguro dos nossos alunos e professores”, destaca Juliana Régia, diretora da UEI Edna Lima Moura Falcão.

Para a professora Rita Cristina, os cuidados adotados já a partir de agora são fundamentais no contexto atual. “Tudo está sendo planejado para que o retorno das atividades presenciais, assim que possível, ocorra de forma segura. O respeito aos protocolos será uma temática importante a ser trabalhada junto aos alunos. Estamos ansiosos por essa retomada”, pontua a docente.

PLANEJAMENTO

A Secretaria Municipal de Educação reforça a posição que já vem sendo defendida desde o início do ano: a retomada das atividades presenciais só ocorrerá diante de um cenário epidemiológico favorável, o que passa, diretamente, pela conclusão do ciclo vacinal de todos os profissionais de Educação.

Conforme acompanhamento da SME, os profissionais da rede concluirão o seu ciclo vacinal até o final do mês de setembro. Diante dessa perspectiva, a Secretaria informa que, ao longo dos próximos dias, reunir-se-á com a equipe pedagógica da pasta, bem como com a equipe administrativa da gestão municipal, para dar sequência às discussões relacionadas ao retorno das atividades presenciais.

“Estamos analisando todas as variáveis. A vacinação é um dos principais pontos nesse processo de retorno seguro das atividades, mas outros fatores também devem ser considerados. O que podemos afirmar é que desde o início do ano queestamos nos preparando para esse retorno, seja sob o ponto de vista de infraestrutura, seja sob a ótica pedagógica. Por meio de importantes parcerias, promovemos a sanitização das escolas, limpeza da vegetação, reparos e serviços de manutenção diversos, consultoria e distribuição de kits de biossegurança, entre outras ações”, finaliza a secretária municipal de Educação, Hubeônia Alencar.

 



Deixe seu comentário


0 Comentário(s)