Tamanho da fonte

 Agricultura
Terça-feira - 07/12/2021

Previsões iniciais apontam para inverno precoce em Mossoró

Por: Edinaldo Moreno
Foto: Wilson Moreno/SECOM/PMM

As previsões iniciais indicam um período chuvoso precoce em Mossoró. A chuva de pouco mais de 15 milímetros ocorrida na tarde da última sexta-feira (3) surpreendeu o mossoroense por uma precipitação tão cedo. De acordo com o professor formado na área de Ciências Exatas e Naturais, Alciomar Lopes, essa precipitação é prenúncio de um bom período chuvoso na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte.

O professor, lotado na Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural (SEADRU), explicou que passou a verificar nos últimos meses o fenômeno conhecido com La Niña.

“A gente já vinha fazendo o estudo desde setembro, início da primavera, e acompanhando a climatologia passamos a verificar que estava para acontecer o fenômeno chamado La Niña. Chegamos à conclusão agora no último estudo que estamos com La Niña moderado com 50% de possibilidade e isso é muito bom para a nossa região que já está começando a provocar as precipitações”, disse o professor.

Alciomar Lopes destaca que chegou a essa previsão de inverno precoce no município por conta da temperatura do oceano Pacífico equatorial que começou a esfriar. “Quando começa a esfriar no Pacífico é um bom sinal para a nossa região, pois a temperatura do nosso oceano Atlântico é quente”, disse.

O professor salienta ainda que a massa de ar vinda do oceano Pacífico está descendo para a região. A medida provoca um aumento de umidade relativa de ar. “Ela se transforma em nuvens e isso vem acontecendo desde outubro. Verificamos neste período o aumento de nuvens”, frisou.

Alciomar Lopes também destaca que nos próximos dias devem ocorrer chuvas no município e que este fenômeno deve somente se encerrar em fevereiro do próximo ano e que logo em seguida outro virá, no início do outono.

“Temos outras previsões para os próximos dias. Devem acontecer algumas chuvas isoladas e as previsões que temos, a princípio, é um inverno precoce que esse fenômeno vai se estender até o mês de fevereiro. Mas, já tem outro estudo preliminar indicando que La Niña poderá se intensificar em março, quando começa o outono. Estamos muito otimistas”, disse.

“Até mesmo já conversei com o pessoal do Semear aqui da Secretaria de Agricultura, que é o do corte de terra, para que o agricultor mossoroense comece logo a agir para que a gente não perca esse período chuvoso que acredito ser muito bom”, concluiu.




Deixe seu comentário


0 Comentário(s)