Tamanho da fonte

13/09/2021 - Editado há 4 dias

Prefeitura e instituições retomam oficinas de planejamento do Mossoró Cidade Junina 2022

Por: Adneison Severiano
Foto: ACIM

O grupo de trabalho do Conselho Municipal de Turismo retomou as oficinas de planejamento do Mossoró Cidade Junina 2022, nesta segunda-feira (13), no Escritório Regional do Sebrae-RN. O planejamento foi iniciado em julho com participação das secretarias municipais de Cultura e de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (SEDAT), além de entidades e instituições parceiras. O objetivo é ouvir todos os segmentos da cultura, turismo, alimentação e transporte do município para elaborar um plano de melhorias para ser colocado em prática na edição de 25 anos do MCJ.

O Sebrae-RN, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e a Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM) participam do planejamento com representantes dos segmentos no grupo de trabalho.

Na primeira etapa realizada em julho e agosto deste ano, foram realizadas três oficinas. Participaram das discussões nas três primeiras reuniões os quadrilheiros e artesãos; artistas (companhias de teatro, grupos de dança e circos) e profissionais do entretenimento; ambulantes e barraqueiros. Já nesta segunda-feira (13), quando foram retomadas as oficinas, participaram a CDL, ACIM, Fecomércio, Sindivarejo Mossoró e MC&VB.

Raimunda Maria, professora do curso de Turismo da UERN, ressaltou a iniciativa da Prefeitura de fazer uma gestão participativa ouvindo os segmentos para identificação dos gargalos, anseios e ouvir as ideias.

“Às vezes, as pessoas têm excelentes ideias, mas não têm oportunidade de expressá-las. Eu acho que vai ser um trabalho de excelente resultado porque está ouvindo a necessidade das pessoas, está ouvindo as ideias. Então, certamente sairão ideias muito interessantes. Foram fortalecidas e legitimadas algumas ações, alguns caminhos para o Mossoró Cidade Junina, mas também foram apontadas possibilidades que podem fazer do Mossoró Cidade Junina um evento ainda maior, mais inclusivo e que possa gerar mais renda, incluir mais pessoas. Vejo com muito otimismo essa iniciativa da Prefeitura, tanto eu vejo como também escuto das pessoas que estão participando por ser algo que é inédito na gestão pública de Mossoró”, afirmou a professora.

A partir das oficinas estão sendo verificadas as oportunidades de negócios que devem ser promovidas no evento, além da identificação de gargalos de edições anteriores que impactam negativamente no Mossoró Cidade Junina. Até novembro, o levantamento será concluído para finalizar esse planejamento do Mossoró Cidade Junina 2022.

“Estamos muito felizes com essa ação que tem tido uma repercussão muito positiva pelos segmentos da cultura e do turismo, por ser uma ação inédita. Pela primeira vez essas pessoas estão sendo ouvidas como parte do processo de elaboração estratégica do Mossoró Cidade Junina. Então, tem sido muito positivo ouvi-los para entender as potencialidades, as fragilidades, quais são os pontos fortes e fracos deste evento para assim planejarmos ações que sejam mais eficientes e que venham beneficiar ainda mais os envolvidos no Mossoró Cidade Junina”, destacou a gerente executiva da SEDAT, Meire Duarte.



Deixe seu comentário


0 Comentário(s)