Tamanho da fonte

02/07/2021 - Editado há 3 meses

Prefeitura dá continuidade ao pagamento de cachês dos artistas do Mossoró Cidade Junina 2021 Virtual

Por: Adneison Severiano
Foto: Allan Phablo/PMM

A Prefeitura de Mossoró dá sequência aos pagamentos dos artistas que se apresentaram no Mossoró Cidade Junina Virtual 2021 nesta quinta-feira (1º). As bandas, artistas e quadrilhas que se apresentaram no MCJ e, que entregaram à Secretaria Municipal de Cultura as notas fiscais de prestação de serviços, receberam os pagamentos dos cachês. A Prefeitura de Mossoró por meio da Secretaria Municipal de Finanças fez a liberação dos pagamentos, após finalização dos trâmites legais necessários para fazer a quitação dos cachês com recursos ordinários do município.

Ao todo, 500 artistas de Mossoró foram contemplados ao se apresentarem nos polos Estação das Artes, Cidadela e Cultura Popular. O investimento total no Mossoró Cidade Junina foi de R$ 950 mil. Pela primeira vez o MCJ foi realizado totalmente virtual pela Secretaria Municipal de Cultura, gerando renda para os artistas da terra, mantendo a tradição e respeitando à vida.

De 12 a 27 de junho, nas 40 horas de transmissão na internet ao longo das 11 lives, o Mossoró Cidade Junina contou com a participação de 83 bandas, cinco regionais, incluindo forró pé de serra e 12 quadrilhas, que foram contratados por Chamamento Público. O MCJ levou alegria dos festejos juninos para milhares de pessoas. Depois da conclusão da programação, a Secretaria Municipal de Cultura solicitou as notas de prestação de serviços para finalizar os processos para liberação dos pagamentos, incluindo o material audiovisual de todas as apresentações para comprovação da realização dos shows. O procedimento é obrigatório para, garantindo a transparência da aplicação dos recursos públicos do município.

Os valores dos cachês pagos aos artistas variam entre R$ 800 e R$ 7 mil por cada show. Já as quadrilhas juninas contratadas receberam R$ 2.000,00 em cachê cada uma, sendo que o pagamento foi efetuado a um responsável financeiro de cada quadrilha junina pela participação no MCJ 2021 Virtual e os recursos são incentivos para continuidade das manifestações culturais dos grupos juninos. O valor foi definido considerando as atuais circunstâncias financeiras e sanitárias, bem como pelo formato selecionado da exibição das quadrilhas, resgatando as quadrilhas atuantes nos anos de 2017 a 2019. Desses valores são deduzidos os impostos legalmente previstos.

Ainda antes da estreia do filme Chuva de Bala no País de Mossoró no dia 23 de junho, a Prefeitura de Mossoró já havia quitado os pagamentos dos cachês dos atores, atrizes, bailarinos e músicos participantes do filme. Cada um dos artistas envolvidos na obra cinematográfica recebeu cachê no valor de R$ 2 mil. Os cachês foram pagos após conclusão da edição do filme para inclusão nos processos de pagamentos como comprovação, que é um procedimento obrigatório para liberação de recursos do município.

MCJ
De 12 a 27 de junho o Mossoró Cidade Junina Virtual 2021 levou alegria do São João para os mossoroenses, a partir dos shows transmitidos dos polos Estação das Artes, Cidadela e Cultura Popular. Toda programação foi exibida na internet no canal oficial da Prefeitura de Mossoró no YouTube, sem presença de público nos locais onde as atrações se apresentaram. Um plano sanitário foi adotado em todas as atividades do evento para garantir a segurança dos artistas, técnicos e equipe de coordenação. Os participantes do MCJ passam por testagem periódica da Covid-19. Foram feitos 714 testes da Covid-19 em artistas, técnicos, equipes de coordenação e imprensa. A entrada nos polos só era permitida após resultado negativo no teste e com obrigatoriedade do uso de máscara. Os protocolos de prevenção ao novo coronavírus foram seguidos.



Deixe seu comentário


0 Comentário(s)