Tamanho da fonte

 Agricultura
Quarta-feira - 12/01/2022

Mossoró Rural: Consultoria em suinocultura orienta produtores em manejo de leitões

Por: Edinaldo Moreno
Foto: Divulgação/PMM

Diante do baixo desempenho encontrado nas leitegadas, a assessoria técnica sobre suinocultura realizada pelo Programa Mossoró Rural, parceria da Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural (SEADRU), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico ao Instituto Federal do Rio Grande do Norte (FUNCERN), orienta aos suinocultores a importância de adotar cuidados com a alimentação das matrizes em gestação, fornecendo ração que atenda às necessidades nutricionais dos animais, em quantidades e em horários que estimulem o consumo, além de água à vontade e em boa qualidade.

“Para atender às demandas dos consumidores que buscam por carne de qualidade, macia, saborosa, suculenta e oriunda de animais jovens, os produtores não podem errar na fase inicial, a partir dela que as demais fases terão melhor produtividade”, destacou Mariana Freitas, zootecnista e consultora do projeto.

Mariana Freitas ressalta ainda que outro fator de bastante impacto na qualidade dos leitões são os cuidados após o nascimento, estabelecendo-se um protocolo para ser realizado com os leitões. “Adotar um manejo adequado é fundamental para reduzir a mortalidade e melhorar o ganho de peso até o abate.

O protocolo estabelece o acompanhamento do parto; a remoção dos restos fetais; cortar e desinfectar o cordão umbilical; desgaste dos dentes e corte da cauda; direcionar para mamar o colostro; transferência de leitão; promover conforto térmico; identificação do leitão; aplicação de ferro entre 3 e 5 dias; fornecimento de nutrição suplementar (ração) e água; e castração entre 7 e 14 dias.




Deixe seu comentário


0 Comentário(s)