Tamanho da fonte

10/06/2021 - Editado há 6 dias

Mossoró Cidade Junina 2021 Virtual será lançado em live do Pingo da Mei Dia neste sábado (12)

Por: Adneison Severiano Foto: Allan Phablo/PMM

O mês junho chegou e com ele traz alegria do Mossoró Cidade Junina 2021 Virtual. A programação completa do MCJ será lançada pela Prefeitura de Mossoró por meio da Secretaria Municipal de Cultura, neste sábado (12). A partir de meio-dia os artistas e bandas da terra se apresentam em live do Pingo da Mei Dia. As apresentações serão transmitidas pelo canal oficial da prefeitura no YouTube.

A tradição junina patrimônio cultural dos mossoroenses será valorizada em várias ações culturais, respeitando a vida e gerando renda para centenas de artistas, músicos e outros profissionais do município. Vem aí um dos maiores eventos juninos do país, que este ano acontece de 12 a 27 de junho, totalmente on-line para curtir com segurança em casa.

A live do Pingo da Mei Dia abre o primeiro dia do MCJ 2021 Virtual e o lançamento da programação. Na abertura, os shows on-line serão transmitidos diretamente do palco do Teatro Municipal Dix-Huit Rosado, onde acontecem as apresentações do Polo Estação das Artes. Já os shows de bandas e artistas do Polo Cidadela serão transmitidos a partir do palco do Teatro Lauro Monte Filho.

Maior bloco junino
Não teremos as multidões no Corredor Cultural que a cada ano participam do maior bloco junino devido a pandemia da Covid-19. A tradição respeitará a vida, mas a alegria está garantida na live do Pingo da Mei Dia. De casa pela internet e com segurança para evitar propagação do novo coronavírus, o público poderá acompanhar as apresentações dos artistas e bandas de Mossoró. No Pingo teremos cinco atrações: Nilson Vianna; Beth e Jamir; André Luví; João Neto Pegadão; e Gianini Alencar. As apresentações serão alternadas entre Polo Estação das Artes e o Polo Cidadela com transmissão no link: youtube.com/prefeiturademossorooficial.

“O Polo Estação das Artes, no Teatro Dix-Huit Rosado, faremos a abertura oficial e o Pingo com as bandas que irão participar. São cinco bandas que se apresentam a partir de meio-dia para fazer a abertura oficial do Mossoró Cidade Junina 2021 Virtual. Nesse dia também vamos fazer o lançamento de toda a programação dos 11 dias de execução do Cidade Junina Virtual”, anunciou o secretário de Cultura Etevaldo Almeida.

Geração de renda
A pandemia da Covid-19 afetou o trabalho de artistas, companhias e profissionais de eventos culturais. A iniciativa da Prefeitura de Mossoró e da Secretaria Municipal de Cultura de retomar o Chuva de Bala e o MCJ em formato virtual são ações de valorização da classe artística da cidade, gerando renda para a categoria nesse período de restrições de eventos. Mais de 400 artistas da terra, dentre músicos, atrizes, atores, bailarinos e quadrilheiros, estão envolvidos diretamente no Mossoró Cidade Junina 2021 Virtual. Os artistas contratados receberão em cachês pelas apresentações, sendo que o valor varia de acordo com as categorias e faixas estabelecidas no edital, divididas por Shows em Palcos, Polo Cultura Popular e Polo Cidadela Virtual. Os valores dos cachês variam entre R$ 800 e R$ 7 mil por show.

“Nosso objetivo principal neste momento é trabalhar geração de renda para os artistas e atores, bailarinos e para os músicos do município de Mossoró. Então, a gente quanto Secretaria de Cultura e Prefeitura de Mossoró temos esse objetivo de trabalhar com a geração de renda fundamentado, principalmente, na questão dos cachês que serão pagos a todos artistas que participarão do Cidade Junina Virtual”, destacou o secretário Etevaldo Almeida.

Considerando a pandemia da Covid-19, o acesso aos Polos será restrito e seguirá uma série de protocolos recomendados por especialistas da área de saúde para garantir a proteção dos artistas participantes, técnicos e profissionais da imprensa credenciados exclusivamente para a cobertura do lançamento. Todos os participantes e profissionais da imprensa só entrarão nos Polos após fazer o teste da Covid-19 e mediante resultado negativo na testagem. O uso de máscara também será obrigatório exceto para cantores no momento das apresentações em palco.