Tamanho da fonte

10/10/2017 - Editado há 4 anos

Estruturação do SIM vai garantir qualidade de alimentos e possibilidade de expansão de produtos mossoroenses

Por: Comunicação

A Prefeitura de Mossoró vai estruturar o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) até o final deste ano. O compromisso foi assumido pela prefeita Rosalba Ciarlini, nesta terça-feira (10), durante reunião com a equipe de inspeção municipal, realizada no Salão de Grandes Atos do Palácio da Resistência. O SIM já está instalado, mas não funciona a contento em razão da falta de estrutura. Entre os compromissos assumidos pela prefeita estão a adequação de Lei estabelecendo a atuação do SIM, incluindo valores de multas e taxas e dando poder polícia aos fiscais, além de aquisição de veículos e outros equipamentos necessários. A prefeita Rosalba Ciarlini destacou que o funcionamento pleno do SIM vai garantir aos mossoroenses o consumo de alimentos de origem animal e vegetal de qualidade, além de permitir a expansão dos produtores locais para todo o Brasil “Quero que tudo seja concluído ainda esse ano para realmente contarmos com a implantação do SIM. Ele foi criado, mas tem muita coisa que não foi feito, como adequação da lei. E precisamos fazer isso com urgência, pois isso traz a regulamentação de todos os produtos de origem animal e vegetal e abre espaço de comercialização dos produtos de Mossoró para o Brasil todo, gerando emprego e renda”, ressaltou Rosalba exaltou ainda que ao deixar o SIM estruturado, a Prefeitura vai garantir que o cidadão vai estar se alimentando com produtos de qualidade. “Um dos grandes problemas para a suade é o consumo de produtos que não tem qualidade, que pode levar a doenças, inclusive graves. Se a vigilância e o SIM funcionarem bem, a população terá acesso a produtos de qualidade”, reforçou. A secretária municipal executiva de Agricultura e Recursos Hídricos, Anne Katherine de Holanda Bezerra, declarou que o SIM é essencial para Mossoró, pois o serviço é responsável pela fiscalização de abates clandestinos, abatedouro licenciados e de toda a produção de alimentos de origem animal e vegetal. Katherine acrescentou que a partir da certificação, agricultores familiares poderão vender seus produtos para a merenda escolar e para todo o país. “Mossoró é um grande produtor de frutas e os pequenos produtores serão beneficiados com a certificação”, assegurou. A médica veterinária Isadora Brasil enfatizou que a estruturação do SIM é a garantia de segurança alimentar e saúde pública para toda a população. “Todos nós somos consumidores de produtos de origem animal e vegetal e para que a gente consuma-os de forma segura o serviço de inspeção precisa existir de forma estruturada para que ele funcione e seja eficaz”, argumentou. Dentro estruturação do serviço será feita parceria para utilização de laboratório da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa). Além disso, posteriormente o SIM fará adesão ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (SUASA), que permitirá que suas certificações tenham validade no território nacional. O serviço de inspeção de Mossoró também poderá fazer consórcios para atuação em municípios da região. O SIM já está funcionando na sede da Secretaria Municipal Executiva de Agricultura e Recursos Hídricos, no Parque de Exposições Armando Buá (Feira do Bode), recebendo denúncias e pedidos de certificação. A reunião também contou com participação dos secretários municipais Anselmo Carvalho (Consultoria Geral) e Aglair Abreu (Comunicação Social), além das médicas veterinárias Alane Medeiros e Edinaide Suyane e do engenheiro agrônomo Edimar Teixeira. Reunião do SIM - Luciano lellys (13)Reunião do SIM - Luciano lellys (9)Reunião do SIM - Luciano lellys (7)Reunião do SIM - Luciano lellys (2)Reunião do SIM - Luciano lellys (1)


Deixe seu comentário


0 Comentário(s)