Tamanho da fonte

13/09/2021 - Editado há 1 mês

Ensino integral e transformação digital da rede são metas da Educação no PPA

Por: Maricelio Almeida
Foto: Allan Phablo/PMM

O Plano Plurianual (PPA) apresentado pela Prefeitura de Mossoró ao Poder Legislativo possui metas que buscam promover uma verdadeira transformação na rede municipal de ensino ao longo dos próximos quatro anos. Através de ações articuladas, a Secretaria de Educação definiu como eixos a serem trabalhados no quadriênio 2022-2025, por exemplo, a implantação de escolas em tempo integral e a informatização completa da rede, entre outros pontos.

“As ações da Educação previstas no PPA foram definidas a partir de uma metodologia que contemplou discussões integradas, envolvendo todas as gerências da Secretaria, um trabalho alicerçado no Plano Municipal de Educação, no Plano Nacional de Educação, Plano de Ações Articuladas (PAR) do Ministério da Educação e também nas metas estabelecidas no Plano de Governo Municipal”, explica a secretária de Educação de Mossoró, professora Hubeônia Alencar.

Uma das principais metas da Secretaria de Educação é implantar o sistema de ensino integral em unidades de ensino da rede. Hoje, o município possui apenas turmas específicas com horário integral. “Não encontramos na rede nenhuma escola com ensino 100% integral, realidade que buscaremos, efetivamente, mudar a partir de agora. É uma meta ousada, mas que vamos empreender esforços significativos para alcançá-la”, destaca a secretária Hubeônia Alencar, acrescentando que esse trabalho passa ainda pela formação de parcerias com as universidades.

A informatização da rede municipal de ensino também é uma das metas que se destacam no Plano Plurianual. Conforme defende o prefeito Allyson Bezerra, a modernização da gestão é prioridade. Nesse sentido, a Secretaria de Educação já avança para implantar, em um curto espaço de tempo, o processo de matrícula 100% on-line em todos os equipamentos educacionais de responsabilidade do município, através do Sistema Integrado de Gestão da Educação, o SIGEduc.

“É um marco, um verdadeiro divisor de águas no formato de registro escolar. Hoje ainda temos matrículas feitas manualmente, o que é impensável diante do avanço digital que vivenciamos atualmente. Vamos ressignificar esse processo”, pontua Hélio Oliveira, coordenador de Registro e Inspeção Escolar da Secretaria Municipal de Educação.

Dentro do contexto de competências digitais, a SME também avançará na implantação de projetos como Educação Conectada e Nordeste Conectado, em parceria com o Ministério da Educação e Ministério das Comunicações, que prevê benefícios como a instalação de rede de internet fibra ótica nas unidades de ensino da zona urbana e de internet de qualidade nos equipamentos educacionais da zona rural.

AÇÕES PERMANENTES

Além dos novos projetos que serão implementados ao longo dos próximos anos, a Secretaria de Educação também buscou, na construção do Plano Plurianual, aperfeiçoar ações permanentes, como a oferta da merenda escolar, o processo de formação para professores, manutenção de transporte escolar, realização de eventos e capacitação de recursos humanos.

“Há ações permanentes, projetos que inclusive estão diretamente vinculados ao Ministério da Educação, que devem ter continuidade, mas que estamos também aprimorando, aperfeiçoando, com investimentos mais robustos e um planejamento a curto, médio e longo prazos que trará resultados expressivos para toda a rede”, relata Mauro Marciel, gerente de Planejamento e Avaliação da Secretaria Municipal de Educação.

OUTRAS METAS PREVISTAS PELA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO NO PPA:

- Concurso Público;

- Realização de cursos de línguas estrangeiras;

- Ampliação da oferta de vagas na rede de ensino;

- Ampliação física de escolas e Unidades de Educação Infantil;

- Construção de escolas e UEIs;

- Construção de quadras de esportes e ginásios.



Deixe seu comentário


0 Comentário(s)