Tamanho da fonte

18/08/2021 - Editado há 2 meses

Defesa Civil garante água potável para mais de 5 mil famílias na zona rural

Por: Wesley Duarte
Foto: Wilson Moreno

A Secretaria Municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito (SESDEM), por meio da Defesa Civil, faz o acompanhamento da Operação Carro-Pipa do Governo Federal. A instituição é responsável pela inscrição das famílias no projeto que oferta água potável às comunidades atingidas pela estiagem. Ao todo, 5.100 famílias de 39 comunidades são beneficiadas pela operação.

Para ter acesso a água é necessário ter um reservatório coberto e que atenda às normas do programa. As demais famílias que não se enquadram no projeto recebem a Operação Carro-Pipa através da Prefeitura de Mossoró, por meio da Secretaria de Agricultura.

Segundo Alcivan Gama, coordenador da Defesa Civil, neste ano o período chuvoso foi menor que o estimado, antecipando os efeitos causados pela estiagem. “Para os moradores da zona rural, um dos períodos mais difíceis do ano é a época da estiagem, por conta da redução dos recursos hídricos. Neste ano a quadra chuvosa foi menor do que o esperado e os efeitos da estiagem se manifestaram mais cedo, impactando principalmente os residentes rurais”, disse.

De acordo com a Defesa Civil, a zona rural de Mossoró compreende quase 90% do território do município. Em algumas localidades os moradores não têm acesso a água encanada ou poço artesiano, dependendo totalmente do carro-pipa para aquisição de água potável.

Na última sexta-feira (13), a Defesa Civil foi acionada por uma família residente na comunidade Panela do Amaro, zona rural, que solicitou apoio à Defesa Civil para aquisição de água potável. Como a família não atendia aos critérios para recebimento de água da Operação Carro-Pipa Federal, a Defesa Civil se mobilizou juntamente com a Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural para atender à demanda. 

“Constantemente fazemos reuniões com o secretário de Agricultura para adotarmos medidas no sentido de que nenhum morador da zona rural de Mossoró, que não tenha acesso a água potável, fique sem água.  É um trabalho desafiador e recompensador, quando conseguimos atender a toda demanda da nossa população rural”, destacou Alcivan.

 



Deixe seu comentário


0 Comentário(s)