Tamanho da fonte

 Agricultura
Terça-feira - 03/05/2022

Campanha contra a aftosa é lançada e animais começam a ser vacinados nesta quarta-feira

Por: Sayonara Amorim
Foto: Wilson Moreno (Secom/PMM)

A Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural (SEADRU), inicia nesta quarta-feira (4) a primeira etapa de imunização do rebanho bovino na região de Mossoró. O lançamento oficial da campanha local aconteceu na manhã desta terça-feira (3) no Centro de Comercialização de Animais Armando Buá (Feira do Bode).

Na região de Mossoró, 120 comunidades rurais estão cadastradas para receber a ação. Segundo o secretário de Agricultura, Faviano Moreira, a previsão é que aproximadamente 5 mil animais sejam vacinados. “Estamos lançando hoje a campanha 2022 da febre aftosa voltada para os produtores considerados familiares que têm até 25 cabeças de gado. Nessa ação, a Prefeitura disponibiliza a vacina e as equipes técnicas para garantir a saúde do rebanho bovino e o desenvolvimento rural. Portanto, a Prefeitura de Mossoró faz um trabalho essencial que é o apoio ao pequeno bovinocultor”, ressaltou Faviano.

A vacinação vai ser iniciada em quatro comunidades rurais que formam o polo Jucuri. São elas: Projeto de Assentamento Solidão, Projeto de Assentamento Vingt Rosado, Cristais e Cabelo de Nego. Coordenador de ´pecuária da SEADRU, Aluísio de Souza Neto adiantou que o trabalho será iniciado às 6h30. “Teremos duas equipes, cada uma composta por veterinário e mais quatro estagiários do curso de veterinária da UFERSA realizando a vacinação nas comunidades”, adiantou. Estão aptos a serem vacinados, os bovinos de todas as idades.

O início da vacinação contra a febre aftosa em Mossoró foi oficializado pelo prefeito Allyson Bezerra, que reforçou o compromisso de garantir assistência e levar melhorias ao homem do campo. “Essa é mais uma ação da Secretaria de Agricultura, que garante a vacinação para o nosso gado atribuindo qualidade ao rebanho para que posteriormente esses animais possam ser abatidos no AFIM, que é outro órgão do município, e receba o selo de inspeção municipal dado pelo Ministério da Agricultura atestando a qualidade do nosso produto. A nossa preocupação é assegurar que o produto comercializado no município tenha qualidade certificada”, declarou Allyson Bezerra.

FEBRE AFTOSA – A doença é causada por vírus que provoca febre e aftas no animal, principalmente na boca e entre os cascos. O animal afetado pela doença apresenta perda na produção leiteira e de carne. Segundo Faviano Moreira, secretário de Agricultura de Mossoró, há mais de 10 anos  não há registro de febre aftosa entre o rebanho local.

 


Podcast Mais Mossoró





Deixe seu comentário


0 Comentário(s)