Tamanho da fonte

26/08/2021 - Editado há 1 mês

Campanha Agosto Lilás chega a escolas e unidade de saúde do município

Por: Wesley Duarte
Foto: Cedida

No mês de combate à violência contra a mulher, a Patrulha Maria da Penha e o Centro de Referência da Mulher (CRM) desenvolvem ações educativas pelo fim do ciclo da violência doméstica e familiar. As atividades acontecem em escolas e unidades de saúde, contemplando as zonas urbana e rural.

Durante esta semana, as equipes desenvolveram palestras educativas em várias regiões do município. A proposta é trabalhar com a sociedade a importância da denúncia em caso de agressão contra a mulher. As ações são realizadas em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social e conta com a distribuição de folhetos educativos e rodas de conversa visando informar à sociedade sobre canais de denúncia e serviços prestados pelo Executivo municipal no acolhimento das mulheres vítimas de  violência. 

Na última segunda-feira (23), a Escola Municipal Deusdete Cecílio de Araújo, comunidade Mulunguzinho, zona rural de Mossoró, recebeu a equipe da Patrulha Maria da Penha. Na oportunidade, as equipes conversaram com a comunidade sobre as ações do município no combate à violência doméstica contra a mulher.

“Aproveitamos a atualização cadastral feita pelo Cadastro Único para conversarmos com a comunidade. Durante nossa roda de conversa falamos sobre os canais de denúncia e a importância de não esconder a violência. A única maneira de acabarmos com o ciclo da violência doméstica contra a mulher é justamente através da denúncia”, destacou Jamile Silva, coordenadora da Patrulha Maria da Penha. 

Secretário de Segurança do Município, Cledinilson Morais enfatiza que “a Patrulha Maria da Penha está para ajudar a vítima. Muitas vezes a mulher tem medo de denunciar por receio do agressor. Temos que destacar que existe todo um acolhimento às mulheres vítimas de violência. Tem que haver denúncia para que possamos ajuda-lá”, disse.

Continuando a campanha Agosto Lilás, na manhã desta quinta-feira (26) a equipe visitou a Unidade Básica de Saúde Francisco Marques da Silva, bairro Sumaré. Na ocasião, foi debatido o tema “Violência contra a mulher não tem desculpa, tem lei”, a Patrulha levou informações sobre os mecanismos à disposição da sociedade para denúncia.

Nesta sexta-sexta (27), as ações da campanha Agosto Lilás chegarão à UBS da Maísa e UBS do assentamento Jurema, às 8h e 15h, respectivamente.

 



Deixe seu comentário


0 Comentário(s)