Tamanho da fonte

01/11/2017 - Editado há 4 anos

Atualização das famílias inseridas no Cadastro Único sobe de 0.52% para 0.84%

Por: Comunicação

  A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e Juventude, através da Gerência de Cadastro Único informa que a taxa de atualização das famílias inseridas no Cadastro passou de 0.52% para 0.84%. Atualmente são cerca de 35 mil famílias cadastradas e de janeiro para outubro forão mais de quatro mil famílias incluídas. O Cadastro Único para Programas Sociais reúne informações socioeconômicas das famílias brasileiras de baixa renda – aquelas com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa. Essas informações permitem ao governo conhecer as reais condições de vida da população e, a partir dessas informações, selecionar as famílias para diversos programas sociais. Já o Programa Bolsa Família (PBF), de acordo com o Governo Federal, é um programa de transferência condicionada de renda que beneficia famílias pobres e extremamente pobres, inscritas no Cadastro Único. De acordo com dados da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e Juventude, o PBF beneficiou, no mês de setembro de 2017, 16.076 famílias, representando uma cobertura de 84,4 % da estimativa de famílias pobres no município. As famílias recebem benefícios com valor médio de R$ 150,27 e o valor total transferido pelo governo federal em benefícios às famílias atendidas alcançou R$ 2.415.746,00 no mês. Em relação às condicionalidades, o acompanhamento da frequência escolar, com base no bimestre de maio de 2017, atingiu o percentual de 94,4%, para crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos, o que equivale a 16.569 alunos acompanhados em relação ao público no perfil equivalente a 17.544. Para os jovens entre 16 e 17 anos, o percentual atingido foi de 84,3%, resultando em 2.563 jovens acompanhados de um total de 3.041. Já o acompanhamento da saúde das famílias, na vigência de dezembro de 2016, atingiu 70,1 %, percentual equivale a 10.157 famílias de um total de 14.492 que compunham o público no perfil para acompanhamento da área de saúde do município. O gerente do Cadastro Único no Plantão Social, Marques Júnior, explica que os números satisfatórios de alcance dos serviços são graças à ampliação dos atendimentos, que tem ocorrido desde fevereiro deste ano. “Em fevereiro passamos a atender nos dois expedientes e a partir de março os atendimentos foram abertos aqui no Plantão, o que trouxe a otimização dos serviços, a ampla divulgação nas mídias sociais, busca ativa aos usuários realizada pela secretária e unidades de serviços da Assistência Social, pelos Cras, e pelas ações do Mossoró mais Cidadã”.


Deixe seu comentário


0 Comentário(s)