Tamanho da fonte

18/10/2021 - Editado há 1 mês

Apresentações das feiras de ciências nas escolas começam nesta terça-feira

Por: Maricelio Almeida
Foto: Allan Phablo (Secom/PMM)

A Secretaria Municipal de Educação (SME) de Mossoró inicia nesta terça-feira (19) as apresentações, por polos, dos projetos científicos desenvolvidos para as feiras de ciências realizadas pelas escolas da rede de ensino. A programação, virtual, segue até a próxima sexta-feira (22), contemplando unidades tanto da zona urbana quanto rural. Mais de 80 projetos serão expostos ao longo da semana.

Nesta terça (19), alunos de sete escolas da zona urbana, que integram o polo A, irão apresentar cerca de 30 projetos em salas virtuais que serão abertas pela manhã e à tarde. O polo é composto pelas Escolas Municipais Dinarte Mariz, José Benjamim, Rotary, Professor Manoel Assis, Celina Guimarães Viana, Raimunda Nogueira do Couto e Colégio Evangélico.

“É um desafio a realização das feiras no formato virtual, mas todo o planejamento executado até aqui nos mostra que essa etapa será um verdadeiro sucesso, graças ao empenho de todos os envolvidos, desde os articuladores das escolas, passando pelos professores e, principalmente, pelo interesse dos alunos nas temáticas abordadas nos projetos”, destaca Débora Praxedes, coordenadora do Ensino Fundamental Anos Finais e Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Secretaria Municipal de Educação.

Entre os temas que serão apresentados pelos alunos das escolas do polo A estão a preservação da natureza na convivência humana, reutilização de garrafas PET na construção de uma horta domiciliar, saúde mental, confecção de tabuleiro inclusivo, a importância do acompanhamento familiar para um bom engajamento dos alunos nas aulas remotas, aumento do uso de telas na pandemia, lixo nos oceanos, energias eólica e solar.

Na quarta-feira (20), será a vez das escolas que integram o polo C realizarem as apresentações de seus projetos. Fazem parte do polo C unidades como a Evilásio Leão, Deusdete Cecílio, Maurício de Oliveira e José Bernardo. Na quinta-feira (21) e sexta-feira (22) as feiras acontecem nas escolas do polo B (Antônio Fagundes, Duarte Filho, Ronald Pinheiro Néo, Francisco de Assis Batista e Marineide Pereira).

Durante a etapa nas escolas, os projetos científicos idealizados pelos alunos são credenciados para apresentação, virtual, na IV Feira de Ciências da Rede Municipal de Ensino de Mossoró (FECIRME), prevista para acontecer em novembro. A feira contempla mais de cinco mil alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e EJA, além de aproximadamente 250 professores.

Os alunos credenciados na etapa nas escolas poderão inscrever seus projetos na IV Fecirme em três diferentes modalidades. Serão aceitas inscrições de trabalhos nas categorias Ideação, quando ainda não foram iniciadas as etapas experimentais; Em Desenvolvimento, projeto que apresenta resultados ou conclusões parciais; e Concluídos, projeto que já apresenta resultados e conclusões até a data da inscrição.

Após a etapa municipal, os projetos credenciados na Fecirme serão apresentados na Feira de Ciências do Semiárido Potiguar, promovida em dezembro pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Serão 20 projetos selecionados.

Nessa edição, a Fecirme conta com um incentivo a mais para promover o engajamento dos alunos em relação à ciência, a partir de um projeto aprovado no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq): o “Feira de Ciências no contexto do Semiárido”, que tem abrangência municipal e concederá aos três alunos da equipe do primeiro lugar na Fecirme uma bolsa de R$ 100 mensais, durante seis meses.



Deixe seu comentário


0 Comentário(s)